-A A +A
Campus de Goiabeiras, Vitória - ES

Histórico

O atual Departamento de Química da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) surgiu inicialmente como Departamento de Física e Química em 1972, pertencendo ao Centro de Estudos Gerais. Na época o Departamento procurava atender as disciplinas básicas de Química para os cursos de Engenharia, Física e Ciências Biológicas da UFES. Na sua instalação, o corpo docente do Departamento era constituído em sua grande maioria por professores formados em Farmácia, em regime de trabalho de 20 horas, oriundo da Faculdade de Farmácia e Bioquímica do Espírito Santo (FAFABES). Iniciou-se desde então uma política sistemática de contratação de pessoal formado em Química que se dispusesse a trabalhar em dedicação exclusiva, pretendendo-se com isso formar um núcleo de docentes voltados ao ensino e à pesquisa.

Devido ao aumento do número de vagas nos cursos de graduação e à aposentadoria dos antigos professores, foi possível contratar novos docentes com a perspectiva de crescimento do grupo. Em 1987 foi criado o curso de graduação em Química, nas modalidade de Licenciatura
Plena. E em moldes similares foi implantado a opção de Bacharelado em Química no ano 1997. Ambos reconhecidos pelo MEC, com base no parecer No 431/93 do Conselho Federal de Educação em 28 de Setembro de 1993.

Atualmente, o Departamento apresenta um corpo docente efetivo de 29 (vinte e nove) professores, sendo um dos Departamentos da UFES com maior índice de titulação: 90% de doutores e 10% de mestres. É importante ressaltar que dos 26 (vinte e seis) doutores, 15 (cinco) já realizaram o Pós-Doutorado.

Visando atender a crescente procura pelos cursos de Química e a Lei de Diretrizes e Bases, o Departamento de Química começou um processo de melhorias solicitando investimentos em novos laboratórios e nas melhorias da infra-estrutura dos já existentes, modificando a grade curricular, buscando maior interação com centros de excelência, solicitando investimentos em acervo bibliográfico, na contratação de pessoal e
na melhoria de seu parque instrumental. Com certeza com estas medidas estamos impulsionando o desenvolvimento industrial, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e a formação de mão de obra altamente qualificada.

Nesse sentido, para atender a demanda, o DQUI implementou o curso de bacharel com ênfase em de petróleo a partir de 2006 e em 2005 solicitou a CAPES o curso de mestrado em Química, tendo sido aprovado para início em 2006

O Programa de mestrado vem melhorando ano a ano seu desempenho. Em termos de dissertações defendidas, foram 07 em 2008, 11 em 2009, 10 em 2010, 10 em 2011, 12 em 2012 e até o mês de abril de 2013 já ocorreram 11 defesas. Até o momento o Programa de Pós-Graduação em Química da UFES já titulou 61 mestres. Resumindo este desempenho do Programa de Mestrado, 125 discentes ingressaram no programa entre 2006 e o primeiro semestre de 2013. A partir de 2012, o colegiado do PPGQUI, considerando o aumento do número de docentes em nosso programa e a grande procura pela entrada em nosso programa por parte de discentes oriundos da UFES Vitória, e dos campus do interior, IFES e das universidades particulares, além de discentes oriundos de outros estados deliberou pelo aumento do número de vagas de 10 vagas
semestral para 20. Esta ação, aliada a um novo modelo de prova de seleção baseada em uma prova de conhecimentos gerais de química e análise do currículo lattes dos candidatos resultou em um aumento considerável na entrada de discentes em nosso programa, em 2012-1 foram 11, em 2012-2 foram 19 e em 2013-1 foram 17.

Em 2011 o programa passou por uma profunda reformulação, visando atender as sugestões feitas no relatório de avaliação do curso pelos consultores da CAPES (triênio 2007-2009) e também a adequação a nova realidade em termos de corpo docente e atividades de pesquisa desenvolvidas e por fim na possibilidade de um futuro Programa de Doutorado em Química na UFES. As áreas de concentração existentes até então foram substituídas pelas 4 tradicionais áreas da Química: Química Orgânica, Química Analítica, Química Inorgânica e Físico-Química.

Quanto ao destino dos egressos, dos 58 mestres formados até o presente momento, eles têm 4 destinos principais: 26% vão para a docência superior em Universidade particulares ou no Instituto Federal do Espírito Santo, 42% vão fazer doutorado em diferentes instituições do Brasil, 32% se dedicam ao trabalho como químicos em empresas ou laboratórios e 10% vão para a docência do ensino médio. Ressalta-se aqui que
hoje existe uma grande demanda reprimida de discentes formados pelo programa aguardando a aprovação do doutorado para sua inserção no programa, além de outros mestres que por diferentes motivos estão vivendo no Estado do Espírito Santo e também estão no aguardo. Outro dado importante é o tempo médio de titulação dos discentes do PPGQUI, que neste último triênio foi de 27 meses, o que está dentro da média
nacional.

Convém observar que a história de implantação de cursos de Pós-Graduação na UFES começou em 1978 com o primeiro curso de Mestrado, na área de Pedagogia, de lá para cá chegamos ao número atual de 48 (quarenta e oito) cursos. Já o primeiro curso de doutorado começou em 1995, na área de Fisiologia, e posteriormente iniciaram-se os programas de Engenharia Elétrica, Psicologia, Física, Educação, Oceanografia, Biologia animal, Biotecnologia, Ciências Contábeis, Ciências fisiológicas, Engenharia ambiental, e Informática totalizando 15 (quinze) à nível de
Doutorado.

Alunos Formados e Matriculados:O programa já formou 157 mestres e 1 doutores e conta com 86 alunos regularmente matriculados, sendo 43 no mestrado e 43 no doutorado.

Nome dos coordenadores e coordenadores-adjuntos:

Período: 2013-2015
Coordenador(a): Prof. Dr. Valdemar Lacerda Jr.
Coordenador(a)-Adjunto(a): Profª. Drª. Maria Tereza W. D. Carneiro

Período: 2011-2013
Coordenador(a): Prof. Dr. Valdemar Lacerda Jr.
Coordenador(a)-Adjunto(a): Profª. Drª. Maria Tereza W. D. Carneiro

Período: 2009-2011
Coordenador(a): Prof. Dr. Eloi Alves da Silva Filho
Coordenador(a)-Adjunto(a): Profª. Drª. Maria de Fátima Fontes Lelis

Período: 2007-2009
Coordenador(a): Prof. Dr. Eloi Alves da Silva Filho
Coordenador(a)-Adjunto(a): Profª. Drª. Maria de Fátima Fontes Lelis

Período: 2005-2007
Coordenador(a): Prof. Dr. Eloi Alves da Silva Filho
Coordenador(a)-Adjunto(a): Profª. Drª. Maria de Fátima Fontes Lelis

Histórico do conceito CAPES do programa:

2010-2012 . . . . . . . . . . . . . . 4
2007-2009 . . . . . . . . . . . . . . 3
2004-2006 . . . . . . . . . . . . . . 3 (nota de início, apenas 2006)

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910